Bem vindo!

Tu que és um andarilho virtual na constante busca pelo conhecimento e diversão, celebre a vida conosco! Junte-se à nossa lareira, venha beber uma taça de vinho ou esfriar-se em uma grande caneca de cerveja, faça novos amigos ou solidifique velhas amizades.

"Sem comer e sem beber ninguém se cobre de glória" (provérbio viking).

domingo, 1 de janeiro de 2012

2012: Realidade ou Ficção nas Profecias?

Ao colocarmos a metafísica de lado, só existirá uma certeza neste universo, que nada é eterno, nem mesmo as estrelas, nem mesmo os planetas, quanto mais os seres biológicos que neles habitam.

Invariavelmente, todo elemento passará por pelo menos uma transformação ou transferência de energia em dado momento de sua existência, algo tão natural quanto o resultado de uma equação de primeiro grau, resta-nos saber se daqui alguns meses iremos vivenciar o conceito de Albert Einstein de forma dramática.

Será que nosso prazo de validade realmente expirará em 2012, conforme ratificado na astronomia do Códice de Dresden ou no Monumento Seis de Tortuguero? Se depender do calendário chinês, o Ano do Dragão nos conduzirá para uma resposta dúbia, pois, tanto poderá trazer fortuna em abundância como desastres em ondas maciças.

Céticos e pessoas focadas numa realidade sinestésica, não dão crédito as profecias relacionadas ao fim dos tempos, por confiar que são apenas superstições inerentes à história humana, então, 21 de dezembro de 2012, não passará de mais um presságio inconclusivo.

"Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça. O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo vossa carne. Entesourastes para os últimos dias."
(Tiago 5:1-3)

Há também os cientistas da NASA, que de forma veemente, afirmam que nada acontecerá no presente ano, todavia, nós sabemos que numa situação real de risco, todos os governos se manteriam calados, a fim de evitar uma histeria coletiva que poderia arruinar todo o sistema citadino.

Não se trata de uma teoria da conspiração, mas de uma possibilidade concreta, já que nenhuma nação tem estrutura emergencial suficiente (bombeiros, hospitais, policiais, resgates aéreos, etc.) para se precaver de uma catástrofe de proporções homéricas. E se acha que estou exagerando, então, você precisa conhecer algumas famílias que já estão se preparando para o Dia do Apocalipse, denominados "Preparadores" (ou Doomsday Preppers). Hábeis na arte da sobrevivência, essas pessoas esbanjam conhecimento em proficiências específicas, como: hidrocultura, avicultura, piscicultura, energias alternativas, armas de fogo, construções de bunkers (casamatas), estoque e desidratação de alimentos.

"Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores do parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão."
(I Tessalonicenses 5:3)

Para a grande maioria da população, essa iniciativa só poderia vir de um bando de loucos alarmistas, que investem suas economias em incertezas, gastando seu tempo em algo inútil e improdutivo. Estarão erradas ou um pouco de precaução nessa era de hesitação nunca será demasiado? Agora, se você é partidário do consenso geral, então, estará atribuindo insanidade a um país inteiro, já que, desde 1963, a Suíça promulgou uma lei que obriga a construção de abrigos nucleares em cada residência ou que pelo menos forneçam acessos a bunkers comunitários.

Mas voltando a falar em ruína, segundo a ciência moderna, a vida terráquea passou por cinco grandes destruições, exterminando cerca de 99% das espécies que já caminharam por este planeta, dentre essas os dinossauros há 65 milhões de anos (a Era Mesozóica). Portanto, as criaturas que habitam nosso ecossistema contemporâneo representam apenas uma pequena fração de todas que já existiram.
"Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas. Visto que todas essas cousas hão de serem assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus incendiados serão desfeitos e os elementos abrasados se derreterão."
(II Pedro 3:10-12)

A Terra tem estimados 4,6 bilhões de anos de idade e quando celebrar seus 5,6 bilhões, a vida conforme conhecemos será extinta, já que o sol amarelo que nos aquece se transformará em uma Gigante Vermelha, engolindo os planetas do Sistema Solar a medida que cresce. Temos, por conseguinte, apenas mais 1 bilhão de anos pela frente, para desenvolver nossa tecnologia e migrar para a um novo planeta ou satélite habitável. E isso não é apenas uma hipótese promulgada por mera conjunção condicional, mas a questão de "quando" tais acontecimentos ocorrerão, visto que enfrentaremos uma batalha quixotesca, sem a possibilidade de recuar.

Enveredar-se pelo desconhecido é uma característica intrínseca à raça humana, daí nossa curiosidade por conhecer o futuro antes que este se converta em presente. A fascinação pelo oculto é algo tão antigo que se perde no tempo, mas a história nos mostra que a réplica para muitas indagações está em mãos de poucos privilegiados, doutra maneira, o Primeiro Concílio de Niceia não teria retirado partes importantes da Bíblia, já que as consideravam informações perigosas, que poderiam abrir os olhos da sociedade, levando por terra muitas das alegorias criadas pela Igreja Católica Apostólica Romana.

"Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim. Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas são os princípios das dores." (Marcos 13:6-8)

Não obstante, encontram-se as sociedades secretas e os priorados recônditos, sonegando ensinamentos e distorcendo importantes fatos de nosso passado, que um dia achávamos por correto nos livros de história. Bom, diante deste mundo furtivo, pelo menos temos algumas profecias para nos confortar ou bem na realidade nos amedrontar.

Afinal, há veracidade nas profecias do calendário maia, nos hieróglifos egípcios, na astronomia dos hopis, nas lendas sumérias, nas crenças zulus, na mitologia do Bhagavad Gítá, nas projeções do Web Bot (Robô da Web), nas Centúrias Astrológicas de Nostradamus ou nas revelações da Bíblia Sagrada? Apresentarei a seguir 12 teorias apocalípticas mais prováveis para 2012, algumas especulativas, outras, previsões de algo vindouro, só não sabemos exatamente quando.

GUERRA NUCLEAR GLOBAL
Uma guerra fria oculta aos olhos está acontecendo agora mesmo debaixo de nossos narizes, então, aquele temor que pairava entre as décadas de 1950 e 1980, ainda persiste, haja vista que na aurora de nosso tempo, há 22 mil ogivas nucleares espalhadas pelo mundo e alguns loucos dispostos a girar a chave de ignição de algumas delas.

Os maiores arsenais ainda continuam sendo dos Estados Unidos e da Rússia, contudo, lideres com propensão a ditadura desenvolvem sua própria tecnologia nuclear, exemplo disto está em nações como o Irã e a Coréia do Norte.

O fato ainda se agrava se lembrarmos de que vivenciamos a "era do terrorismo", sendo assim, qualquer grupo endinheirado e mal-intencionado pode adquirir a sua bomba atômica, e quando uma explosão acontece, outras mais, são quase inevitáveis.

Acredito que nesta projeção de destruição a raça humana sobreviverá, mas com grandes baixas e efeitos econômicos catastróficos. Para a Bíblia Sagrada, tais acontecimentos anunciarão o reinado do Anticristo e do Falso Profeta aqui na Terra, que por fim cessará com a segunda vinda de Jesus.

ASTEROIDES
Estima-se que há cerca de 1.1 mil pedregulhos circundando nosso planeta, vizinhos indesejáveis com potencial para causar enorme destruição. O impacto de um asteroide medindo 10 quilômetros de diâmetro seria algo devastador, uma aniquilação que perduraria por meses, seja pela magnitude da queda ou pelos trilhões de toneladas de poeira que sufocariam nossa atmosfera. Ficaremos ausentes de luz solar e por consequência as plantas morrerão, fato que prejudicará toda a cadeia alimentar da Terra.

Alguns cientistas acreditam que uma cratera medindo 180 quilômetros, localizada em Chicxulub no México, seja a grande evidência do remoto impacto que exterminou os dinossauros no período cretáceo. Tal medição corresponde a queda de um bólido com aproximados 10 km de diâmetro, com efeitos perigosamente semelhantes com o que mencionei acima.

Se escaparmos ilesos de 2012, um grande susto estará esperando por nós em 13 de abril de 2029, quando por apenas 30 mil quilômetros de distância da Terra (astronomicamente muito perto, equivalente a 4ª posição na Escala de Turim ou Torino Scale), um asteroide chamado Apophis, com tamanho proporcional a quatro estádios, cruzará nossa orbita, revelando um poder equipolente a 880 megatoneladas de TNT.

De todas as situações apocalípticas, essa, em minha opinião, é a mais preocupante, contudo, há uma chance de sobrevivência, basta você se abrigar no subterrâneo, durante o fatídico mês do impacto. Claro que após você sair ainda haverá chuva ácida, outras pessoas dispostas a matar por comida, ausência de eletricidade, escassez de medicamentos, um repentino inverno, mas pelo menos teremos fungos como alimento e a chance de reconstruir um novo mundo.

O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA HUMANA
Sectários e místicos acreditam que neste ano haverá o despertar da consciência coletiva, isto é, nós humanos estaremos imbuídos de um bom senso sobrenatural que mudará para sempre o destino da Terra.

Para o escritor norte-americano José Argüelles, o fator maia em 2012 será uma nova Convergência Harmônica, que provocará grande transformação espiritual na sociedade humana. 

Afirmativas apontam que uma capacidade descomunal está propositalmente adormecida em nossos cérebros, que inclusive nos impede de avançar como raça, mas que dê alguma forma em 2012 será acionada, seja por Deus ou por uma força alienígena. Isso me lembra uma das obras de T. Lobsang Rampa e com certeza daria um ótimo enredo para filme.

SUPERVULCÕES
Se um vulcão convencional é territorialmente preocupante, um supervulcão em erupção é globalmente nocivo. O clima seria severamente afetado, já que as cinzas bloqueariam a luz solar, tornando a Terra gélida e com possíveis rombos na camada de ozônio, portanto, se não sucumbir congelado, você poderá morrer de câncer.

E não se trata apenas de fluxos piroclásticos (nuvens de cinzas vulcânicas com gases em altas temperaturas) e rios de lava incandescente, pois, segundo estudos recentes, toda erupção vulcânica é precedida por terremotos (um possível gatilho, na teoria de Charles Darwin).

Segundo o geólogo e vulcanologista russo Ilya N. Bindemann, o renomado Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos, seria a boca de um supervulcão, mas ele não está só, pois há indícios de outros na Indonésia e Nova Zelândia.

Sempre que observarmos vapores provenientes do solo, as chamadas fumarolas, devemos saber que esta reação representa um possível indicador de atividade vulcânica, basta somente que um gatilho ative a câmara magmática para iniciar uma terrível erupção.

UM NOVO DILÚVIO
Sempre que vislumbrarmos a beleza de um arco-íris no céu, devemos nos lembrar da promessa de Deus à Noé, na qual dizia que a Terra jamais seria castigada novamente pelas águas de um dilúvio (Gênesis 9:11-17).

Entretanto, se depender da estória contada por Roland Emmerich no filme "2012", o mundo será destroçado por enormes movimentações nas placas tectônicas, que no fim resultarão em um novo dilúvio.

O dilúvio como punição divina também aparece no mito sumério de Gilgamesh, que por sinal é extremamente parecido com a crença judaico-cristã. Será que veremos a possibilidade de um dilúvio ser fabricado em 2012, visando castigar nossa sociedade corrupta e falha?

A INFLUÊNCIA DO PLANETA X
Conhecido por alguns povos como Nibiru, Hercólubus ou Marduk, o comumente chamado Planeta X é sem dúvida uma incógnita no cosmos. Muitos adeptos da Nova Era o enxergam como a chave da salvação espiritual terráquea, mas segundo as lendas sumérias o contexto é exatamente o oposto, pois, seria o retorno do causador de grandes catástrofes no passado. É também possível ver a menção do Planeta X na questionável Bíblia de Kolbrin, a qual o intitula de "O Destruidor".

A ufóloga Nancy Leider acredita que uma catástrofe inevitável ocorrerá em 2012, uma vez que suas fontes alienígenas da estrela Zeta Reticuli confirmaram a influência do corpo celeste sobre a Terra.

Essas expectativas podem ser assustadoras, mas fiquem tranquilos quanto ao intruso lendário, já que nenhum astro em orbita elíptica foi identificado pelos cientistas.

A VOLTA DOS ASTRONAUTAS DO PASSADO
A romanesca alcunha "Astronautas do Passado" (Ancient Astronauts), refere-se a extraterrestres que nos visitaram num tempo remoto e que um dia retornariam, para ensinar ou quem sabe conquistar. Segundo as palavras de Erich von Däniken, Zecharia Sitchin, Giorgio A. Tsoukalos, David H. Childress, Bill Birnes e de outros teóricos, somos o resultado de uma manipulação genética alienígena ou simplesmente descendemos deles, algo que se funde ao conceito da panspermia, no qual diz que a Terra foi semeada com vida externa.

Segundo uma recente pesquisa do Instituto Gallup, mais de 50% dos norte-americanos acreditam em vida alienígena inteligente, e cerca de 47% dessas pessoas tem absoluta certeza que o governo omite esse fato. Não poderia ser diferente, já que relatos de avistamentos de OVNIs (ou OSNIs) ocorrem desde o princípio da existência do homem, mas ufólogos afirmam que em 2012 este número aumentará exponencialmente.

Para o renomado físico britânico Stephen Hawking, um futuro contato alienígena deverá ser evitado a qualquer custo, pois, não será amigável.

Seríamos filhos das estrelas? Estaremos preparados para tal abordagem? Serão amigos ou inimigos? Seremos escravizados ou doutrinados? Símbolos nas plantações, abduções e monitoração à distância nunca mais? Tais visitantes seríamos nós, viajantes do tempo, oriundos de um futuro imensurável? Muitas perguntas e muitas limitações para respondê-las, todavia, a única certeza que temos é que as religiões passarão por drásticas transformações.

RESFRIAMENTO GLOBAL
É possível acontecer um resfriamento global como no filme "O Dia Depois de Amanhã" (The Day After Tomorrow)?

A resposta é um grande sim, segundo Paul Hoffman, Mikhail Budyko e outros cientistas de renome. A Era do Gelo (atualmente apelidada de Snow Ball Earth ou Terra Bola de Neve) poderá assolar o planeta desde que haja uma anômola expansão glacial nos polos, isso faria com que a superfície branca de gelo refletisse mais energia solar de volta para o espaço, fato que causaria o resfriamento global.

Um congelamento desta magnitude nos deixaria sem suplemento de água e energia, além de comprometer toda a logística, seja por terra, ar ou mar. Vale ressaltar que a queda de um grande asteroide ou bólido também poderia nos levar a tal situação.

 ALINHAMENTO GALÁCTICO
Seguidores da profecia descrita na lápide de Pacal Votan afirmam que em 2012 ocorrerá o alinhamento dos planetas com o centro da nossa galáxia, algo que provocará efeitos gravitacionais catastróficos, afetando principalmente a tecnosfera do planeta Terra.

O fato trará a ruptura de todas nossas comunicações e sistemas elétricos, um acontecimento que nos levaria de volta a Idade Média, período em que tudo era manufaturado.

Referências do alinhamento galáctico podem ser encontradas em monumentos de Izapa que narram o mito maia da criação, documentado no Popol Vuh.

Para Don Yeomans e David Morrison, astrônomos da NASA, a crença maia não merece significativa relevância cientifica, pois, os efeitos gravitacionais exercidos por outros corpos são desprezíveis. Alguns arqueólogos e historiadores compartilham do mesmo pensamento, porém, alegando que o décimo terceiro baktún maia não passa de uma rotineira contagem temporal, finalizando um ciclo que teve inicio em 11 de agosto de 3114 a.C. para começar outro, após 1 milhão e 872 mil dias (que totaliza 5.125,36 anos ou que se finda em 21 de dezembro de 2012).

TEMPESTADES SOLARES
A cada 11 anos o Sol excede sua liberação de energia em explosões que viajam pelo espaço, chegando a Terra com potencial para destruir satélites e linhas de energia. Para o astrônomo K. Sundara Raman, as tempestades solares merecem constante observação, pois, quando alimentadas por ejeções de massa coronal, redes de comunicação e redes elétricas serão literalmente fritadas em todo mundo, fato que também prejudicaria o abastecimento de água em menos de 10 dias.

As tempestades solares são responsáveis por criar belíssimas auroras, com capacidade de causar um potencial colapso social, como aconteceu em Québec, no Canadá, em março de 1989, contudo, o maior Máximo Solar já registrado ocorreu em 1859, revelando um vasto poder que deixaria o mundo contemporâneo na escuridão, por meses ou até anos.

Se isso voltar a acontecer entre 2012 e 2014 (conforme previsto por cientistas da NASA), por um bom tempo você poderá dar adeus a Internet, ao telefone, ao GPS e a televisão, mas terá a chance de dar boas vindas ao aumento da criminalidade, ao telegrafo e as velhas cartas manuscritas.

O FIM DO CAMPO MAGNÉTICO E A INVERSÃO DOS POLOS
O que aconteceria se os polos magnéticos da Terra se invertessem? Segundo estudos científicos, essa possibilidade é real e acontece a cada 500 mil anos. Nos filmes de ficção, nos deparamos com a ideia do campo de força energético, algo inatingível, fabricado para proteger um dispositivo tecnológico, pois bem, o campo magnético, de maneira similar, representa o escudo invisível da Terra, uma muralha que repele a radiação nociva proveniente do espaço.

Alguns estudiosos afirmam que nosso campo magnético, gradativamente vem perdendo sua força, cerca de 10% desde sua primeira medição em 1830. Segundo a ciência moderna isto não é nenhuma uma novidade, pois parece que nosso planeta já passou por 60 inversões ao longo de sua vida.

O planeta Marte é o exemplo perfeito de que um dia o campo magnético acaba, uma vez que é possível identificar sinais de que já houve um.

Bom, na melhor das hipóteses se isso acontecer, a agulha da bússola apontará para o sul e alguns pássaros terão problemas para coordenar seus voos.

PANDEMIA
O Triunfo da Morte por Pieter Bruegel
Assisti a pouco tempo um ótimo filme acerca do tema levantado, "Contágio" (Contagion), mas não é preciso buscar na ficção um enredo aterrorizante, basta nos recordarmos da histeria provocada pelo vírus H1N1 em 2009. Você sabia que a mortandade em decorrência de ataques virais é superior a contagem de mortes produzida por todas as guerras na história humana?

Agora, tente imaginar a devastação causada por um supervírus com o poder de um HIV ou de um Ebola, combinado com a fácil disseminação de um modesto vírus de gripe. Algo simplesmente devastador!

Infelizmente, também estamos a mercê de mórbidas criações laboratoriais, que visam estabelecer novas armas biológicas através de manipulação genética. Será que algum dia a raça humana irá parar de se auto-exterminar?

CONCLUSÃO
New Eden (Novo Eden) por Taurus Burns
Mesmo que nada fora do normal aconteça em 2012, que essas teorias sirvam como reflexão para todos nós, despertando o amor pelo próximo, a caridade, o desapego material e a preservação do meio ambiente. Não importa sua crença ou ceticismo, devemos ter a consciência que vivemos em uma bomba relógio, consumindo o que não precisamos e esgotando os frutos não renováveis desta terra que chamamos de lar.

Espero que tenham gostado desta matéria exclusivamente elaborada para a Taverna do Peregrino, não está aprofundada, mas trata-se de um bom panorama do tema abordado. A construção do meu estudo foi feita com base nos melhores apontamentos em disciplinas como a ufologia, a cosmologia, a geologia, a vulcanologia, a mitologia, a escatologia, a teologia e a apologética. Sinta-se a vontade para expressar seu ponto de vista nos comentários, seja ele de cunho científico ou religioso.

Neste primeiro dia de 2012, desejo a todos um excelente ano e que o Juízo Final seja tardio, entretanto, se o Messias (Jesus Cristo) tiver que retornar, não farei objeções.

11comentários:

Anônimo disse...

Achei interessante porém que o juízo final seja tardio ? eu sou religiosa e portanto normalmente se levamos algo ao juízo não seria para corrigir alguma coisa extremamente errada? muitos levam o dia do senhor ou o apocalipse como algo negativo contanto eu não acho nada negativo pois tudo deve ter um fim até mesmo nossa estadia neste planeta maravilhoso que infelizmente muitos desprezam.

Ivo Camposdisse...

O que acha dessa matéria aqui ?

"Até então, as mensagens gravadas em "estelas" – monumentos líticos, feitos em um único bloco de pedra, contendo inscrições sobre a história e a mitologia maias – eram interpretadas como uma profecia maia sobre o fim do mundo.

Entretanto, segundo o Instituto Nacional de Antropologia e História (Inah), uma revisão das estelas pré-hispânicas indica que, na verdade, nessa data de dezembro do ano que vem os maias esperavam simplesmente o regresso de Bolon Yokte´.

"(Os maias) nunca disseram que haveria uma grande tragédia ou o fim do mundo em 2012", disse à BBC o pesquisador Rodrigo Liendo, do Instituto de Pesquisas Antropológicas da Universidade Autônoma do México (Unam).

"Essa visão apocalíptica é algo que nos caracteriza, ocidentais. Não é uma filosofia dos maias."

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/12/111201_maias_fimdomundo_pu.shtml

Aqui tem tudo.

Algumas observações - sobre a extinção de dinossauros, lembro de uma teoria levamtada de que podem ter morrido muito mais pela quantidade de gazes que soltavam (pum) do que pelo cometa, e isso ficou com quantidade elevada de gás na terra, algo assim.

Ivo Camposdisse...

E das teorias a mais realista e mais provavel são as tempestades solares.

Gen Luglidisse...

Tem toda a razão Anônimo! A ideia de Juízo Final cristão é visando castigar aqueles que não abraçaram o sacrifício da expiação e antes disso livrar os salvos. De qualquer forma é triste ver tantas coisas belas serem destruídas.

Gen Luglidisse...

Pois é Ivo, as tempestades solares representam muito mais que uma teoria, é uma realidade palpável, pois já aconteceram outras vezes, só não sabemos com qual intensidade virá a próxima.

Quanto à especulação sobre os maias, muito se fala que não há nada demais, mas para a astronomia desse povo, a Terra já passou por outras destruições, e este último ciclo do calendário maia longo, coincide seu inicio com o dilúvio bíblico.

Valeu pelo comentário Ivo! Abraço e um bom 2012 para você e sua família!

Ivo Camposdisse...

Existe alguma prova científica em relação ao dilúvio e a arca de noé ? isso é algo que quase nao se fala fora do ambito religioso.

Gen Luglidisse...

Há alguns anos atrás, alpinistas encontraram próximo ao topo do Monte Everest, conchas e fosseis de criaturas marinhas.

Essa é mais uma questão que divide opiniões, pois, cientistas dizem que tal descoberta vem comprovar as grandes movimentações tectônicas que ocorreram no passado, mas os criacionistas (especificamente os adeptos do cristianismo) acreditam que isso é a prova física que há milhares de anos houve um grande dilúvio que imergiu o Everest, parcialmente ou totalmente.

E agora Ivo, resta saber com qual posicionamento você fica?

Gen Luglidisse...

Deixei de mencionar, mas há outra evidência muito interessante acerca do dilúvio. Arqueólogos encontraram no topo de Monte Ararat na Turquia, uma arca de madeira, com as mesmas medidas da Arca de Noé descrita no Pentateuco.

Também foram encontradas no interior dessa embarcação, jaulas para animais e alguns outros itens de uma cultura antiga.

Kflordisse...

Texto muito interessante. Teorias que eu até então desconhecia. É incrivél como esse assunto já "asombra" a humanidade há tempos.
Interessante a nossa constante busca por respostas, essa constante inquietude que nos trouxe até aqui: suposta"evolução".
E eu dentre todas essa teorias acredito naquela que mostra o homem destruindo o homem, o homem lobo do homem.
E sendo mais otimista acredito que a salvação, a modificação desse futuro tenebroso previsto em todas essas teorias. Venha de nós mesmo "SERES HUMANOS".
Keila Flor

Gen Luglidisse...

Obrigado Keila! Se nada sobrenatural ou improvável acontecer, com certeza o próprio homem dará cabo de si, a começar pela destruição da natureza e dos recursos não renováveis, sem falar da desigualdade do social e das estúpidas guerras.

Anônimo disse...

O melhor artigo do gênero que eu encontrei na Internet. Parabéns pelo texto e pelo blog, que aliás, é extremamente maduro e enriquecedor!

Roberto Santorini

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...